Voto Útil


A maioria absoluta está garantida.

Câmara de Lisboa aprovou perdão fiscal de 1,8 milhões ao Benfica

palcos

O Verdadeiro Voto Inútil…

Em particular por parte de quem não quer mais Sócrates, Silva Pereira, Lacão, Vital, Vitalino, Santos Silva e etc e tal.

  • À Direita, vota no CDS ou PSD. Ou no PND, pronto.
  • Ao Centro, vota PSD. Ou no PPM, pronto.
  • À Esquerda, vota Bloco ou PCP. Ou no MRPP, pronto.

Qual é a confusão? Qual é a razão da quezília?

Alguém acredita que um eleitor do centrão subitamente passa para o PCP só porque o camarada Jerónimo é empático?

Ou que um eleitor afectivamente de esquerda vai votar no PSD, por muito nobre que lhe coloquem diante, ou no CDS?

Não!!!

Portanto, não há aqui razão para fricções. Cada um arruma-se no seu lado do tabuleiro e emagrece-se o espaço do engenheiro, dos dois lados, sem necessidade de pedrada e ofensas entre cada facção.

Dá para entende, ou é preciso um boneco para unir os pontos e colorir?

Irra…

Fica aqui um trabalho de Jorge Martins (Voto útil 2009), Professor de Geografia da Escola Secundária Rodrigues Lobo, em Leiria, membro dos órgãos sociais da APEDE e mestrando em Ciência Política na Universidade Nova de Lisboa, do qual incluo o ficheiro em Word, mas não me sendo possível fazer o upload de outro em excel.

o_ze_não_faz_falta2

Com cartaz produzido pelo João Francisco.