Porque Há Vida Além De Marte


que ontem e hoje já houve apresentação à escola, só para ser cusco,

 

 

Autorizo que se continuem a divertir.

 

 

O almoço de hoje não terá fotos.

Mas digo que foi d’abade!

PARABÉNS!

Este naco de azulejos faz parte do início do friso do muro dos Arquivos Guerreiro em Alhos Vedros e retrata o que já eram os vícios – bem, pelo menos os publicamente assumidos – de dois viciados em banda desenhada de então agarrados aos seus Mundos de Aventuras.

Tem um pormenor de grande acuidade menmónica – efectivamente eu não usava ainda óculos em 1976, comecei a usá-los apenas no Verão de 1977 – e outro de ligeira falha – eu sou passei a concorrer ao Mistério Policiário do MA em 1978 onde, mais tarde e em dupla com um amigo comum, consegui um honroso 10º lugar a nível nacional aos 15 anos, demonstrando o meu potencial de proto-nerd.

Em fundo percebe-se que a banda sonora pertence aos Ramones com a emblemática entrada do Blitzkrieg Bop.

O tema campestre em fundo é um recurso estilístico do Artista que evoca a ruralidade envolvente, pois na verdade o pessoal cuidava bastante de fazer ao ar livre as trocas apenas de livrinhos de colecções menos amadas (Texas Jack, Façanhas do Oeste, Aventuras do FBI, Condor…). Mundo de Aventuras, Falcão e Tintin só em ambiente controlado.