Parlamento


Fica aqui o documento: Perg Projeto Key for Schools Portugal.

Estive a ouvir a prelecção inicial.

Muito pedagógica e percebe-se que vai explicar tudo ou quase à Sócrates. A culpa foi lá de fora, eu fiz o que pude até que subitamente me tiraram o tapete.

Ainda é capaz de ganhar mais um doutoramento honoris causa, oferecido pelo Duque do Quelhas.

PACC – Análise do Parecer do MEC

PACC – Análise ao parecer da 1.ª Comissão

PACC – O áudio da Petição…e que áudio

Ao que parece o Sóifer levou que contar, tal como o assessor-investigador Homem Cristo.Ao que parece, consideram que um artigo num jornal é “vida pessoal”.

O áudio está aqui.

A PACC voltou ontem a ser tema de debate na A.R.

PACC – Audição dos peticionários com dia e hora agendada

… num ranking internacional de competitividade, mas que é uma subida que o salsichómetro do actual PM parece desconhecer, atendendo ás suas recentes intervenções sobre esta área da desgovernação.

Mesmo que Nuno Magalhães possa estar equivocado em algum detalhe (ou o ranking ser diferente do que estou a pensar), não deixa de ser curiosa a forma como o CDS diverge na leitura das coisas…

E obriga o PM a elogiar o recuo do abandono escolar, mas apagando que a evolução não se refere aos últimos anos,mas sim a um intervalo de duas décadas.

Comissão de Educação, Ciência e Cultura
Audiência Parlamentar Nº 174-CECC-XII

Assunto: Apresentação do estudo sobre a inflação de notas no ensino secundário e o seu impacto no acesso ao ensino superior

Data da Audiência: 2014-06-19
Entidades recebidas
Professor Doutor Tiago Neves e Prof. Doutor Gil Nata

Materiais da Conferência Parlamentar.

… defender uma petição que pretende que exista um concurso interno extraordinário para 2014.

Gabo-lhe a dedicação e o esforço mas sei, por experiência própria, que nada disto funciona.

O objectivo do MEC, com os seus parceiros privados preferenciais e a mão da FNE quase sempre à última da hora, é a completa desregulação do sistema de colocação de professores.

Só com uma bigorna na cabeça conseguiriam começar a vislumbrar uma fiozinho de luz.

monty-python-16-tons

 

Independentemente do resultado, é sempre interessante quando os deputados votam (nem todos, nem todos) de acordo com a sua consciência e convicções.

Deveria ser sempre, mas…

Projecto do PS sobre co-adopção chumbado por escassos votos

Repito… não estou a afirmar-me acerca do sentido da votação, apenas que o parlamento deveria ser mais assim e menos de outras maneiras.

Professores protestaram frente à AR contra Crato e prova de avaliação

Docentes foram obrigados a sair das galerias do Parlamento. Na rua, professores pediram a demissão do executivo liderado por Passos Coelho.

Espero ter ouvido mal algumas das palavras de ordem no noticiário da TSF. A banalização de certos termos como “fascistas” não faz grande coisa pela causa…

Já no Parlamento, o PS rodopiou de forma estonteante, com alguém a pedir ao Governo que revogasse a prova criada pela tão amada ministra socialista Maria de Lurdes Rodrigues.

Com o PCP a acusar o PS de responsabilidade, já que a prova de acesso à carreira foi criada quando os socialistas governavam, Acácio Pinto, do grupo parlamentar do PS, disse que os socialistas estão contra a prova e contra a forma como o Governo tem gerido a questão.

O excelentíssimo senhor deputado até fez uma graçola com o termo irrevogável, o que me deixou agoniado até às lágrimas devido à profunda falta de decoro exibida na Casa da Democracia.

amanhã não caberá um feijão na escadaria da AR e além dela.

 

Adenda: Cuidado, que não sois agentes da ordem!

No Parlamento, o ministro da Educação Nuno Crato foi interrompido, esta tarde, pelo protesto de um grupo de professores.

… até termos de ouvir o Pedro e o Tó Zé, o Carlos e o Luís, de quinze em quinze dias. É dose. Ao pé deles, o Leonid seria um jovem.

Lá está… quando falta qualidade, não adianta nada carregar na quantidade.

Um escândalo, uma vergonha e o símbolo da verdadeira podridão

Muito filho de papá cacique, muito sóiferte, muito obreiro dá nisto.

E os putos tóxicos acoplados aos gabinetes parlamentares não são muito melhores, a menos que saquem uns subsídios por fora para fazer estudos que servem depois para os shores deputados brilharem.

Nos canais noticiosos, na transmissão da comissão parlamentar de inquérito aos suópes, depois de uma fase xaroposa com o deputado Hélder Amaral, apanhei uma troca entre o deputado Paulo Sá do PCP e a ministra Maria Luís Albuquerque digna de um episódio do Spartacus, mas sem a parte agradável das escravas a passear em trajes minimus.

O Honório Novo e a Ana Drago (vi agora na 1ª página do Expresso) deixam a Assembleia da República.

Se os poucos que valem alguma coisa se vão, o que fixa por lá? Galambas, zorrinhos, montenegros, menezes juniores e aquelas de vestidos floridos?

Honório Novo do PCP substituído no parlamento por Paula Batista a partir de 31 de Julho

Hoje, no Parlamento?

Página seguinte »