Obras De Santa Engrácia


ou Onde Estavas No 25 De Novembro?

 

vdv

O problema é que o pessoal se cala e, neste caso, a presidente da Câmara aparece porque o governo não é do seu agrado. Só que os problemas existem desde que a escola abriu à pressa… e não foi este ano lectivo.

Montijo: Jardim-de-infância sem material para funcionar

O jardim-de-infância da Escola Básica Integrada (EBI) de Esteval Montijo continua sem funcionar devido à falta de mobiliário e material escolar, disse a presidente da autarquia, Maria Amélia Antunes (PS), à Agência Lusa.

«Já falei com o adjunto do diretor da DREL [Direção Regional de Educação de Lisboa], que está a tentar desbloquear a situação, para resolver este problema, mas até ao momento não temos um prazo definido», afirmou.

A autarca referiu que a autarquia fez tudo em tempo útil para evitar problemas e salientou que não tem recursos para assumir a colocação de material no pré-escolar, explicando que isso é uma competência da DREL.

Reunião sindical na minha escola na próxima terça-feira. Acho que não vão pedir desculpa pelos acordos, entendimentos e pizzas a horas mortas. Estarão um bocado inflamados nos próprios dói-dóis de joelho?

Professores Alvo De Idiotas.  Professores Idiotas Satisfeitos.

Tal como eu, pergunto-me pela minha preocupação pelos pares. Havia de ser ímpar!

Não é por nada, um destes dias o comboio chega à estação, portanto posso dizer o que me apetece…

Professores na Justiça

Os tribunais administrativos e a Procuradoria-Geral da República são os próximos recursos dos professores para contestar o concurso de docentes para o ano lectivo que se inicia no próximo mês.

Por professores, leia-se sindicatos que chegaram ao acordo. E por treta leia-se o facto de a lei estar a ser cumprida. Pode estar mal feita, propiciar prepotências, não é isso que está em causa. Infelizmente, na minha opinião, mas está a ser cumprida. A Procuradoria mandará arquivar, os Tribunais Administrativos (excepção feita a Beja se for em dia bom) decidirão tarde e em desfavor dos queixosos, muito provavelmente por já não ser em tempo útil.

E olhem que eu até gosto desta via jurídica e tudo. Só que consigo detectar uma nuvem de fumaça quando é causada pelo escape roto de uma Zundapp e não por um incêndio.

O que se deveria fazer então?

Ficarem calados, porque cada vez se nota mais o que não foi feito.

Siga para bingo e que me venham malhar os do costume que eu estou mesmo preocupado…

Ministério Público deu por concluído o processo Freeport