O Fim Do Mundo Sem Cuecas


 

O problema: reportagem no Jornal da Uma da TVI, desta vez uma escola algarvia com muito menos de um milhar de pinheiros, parece que três unidades, uma complicação sobre a Processionária, pais ignorantes em pânico, jornalistas ávidos da desgraça sem solução, criançada pós-curiosa coçada, a culpa é do governo.

 

A solução: cinco míseros aéreos de investimento num pozinho bacillus thuringiensis – não refiro marcas comerciais só para aborrecer – e já está! Desde 1911 que qualquer não ignorante sabe.

Esta e outras soluções mais mecânicas. Só que as soluções não agradam aos küs deste mundo.

Ide pentear macacos nabos!

 

 

Iavé admite ter errado, mesmo sem admitir ter errado.

Responsável por exames admite problema em prova de Português

O Instituto de Avaliação Educativa acaba de reconhecer que a resposta indicada como correta numa das perguntas do exame de Português do 12.º ano não é consensual. E vai aceitar uma segunda resposta possível.

(…)

O Instituto de Avaliação Educativa considera, no entanto, que a pergunta tem de ser vista no contexto do texto em que se insere e que a resposta correta é mesmo a que sugeriu, correspondendo a uma interpretação “validada pelos especialistas em Linguística que colaboram com a equipa responsável pela elaboração da prova”. “Tendo sido novamente consultados, os mesmos especialistas reiteraram os pareceres dados”, reforça o IAVE. Só que a opinião não é consensual.

Sabem onde podem colocar, respeitosamente, a maioria dos “especialistas” que o Iavé recruta na base do amigo-que-conhece-o-amigo, não sabem?

Há uns anos, havia um lote de “especialistas” que – vá-se lá saber porquê – eram quase todos da mesma escola aqui das bandas desérticas.

a cada fruto que voa pela bordoada recita um versículo do acordo pornográfico,

 

e já não há prova?

P’ró lagar!

 

 

A Culpa É Dos Outros!

Gang Bang Lobby Gay.

Página seguinte »