O Animal Feroz…


EXCLUSIVO TVI: As respostas de Sócrates a seis questões

Na prisão de Évora, o ex-primeiro-ministro fez chegar à TVI a sua resposta a seis questões. Diz que o faz em legítima defesa, contra a sistemática e criminosa violação do segredo de justiça que configura um agressão feita cobardemente e a coberto do anonimato onde reina o governo de ninguém. Sócrates responsabiliza mesmo diretamente os que, tendo o processo à sua guarda, não o guardaram como deviam. Nestas respostas, Sócrates afirma que não foi confrontado nem com provas nem sequer com factos quando foi interrogado pelo juiz Carlos Alexandre e reitera que se trata de um processo de contornos políticos.

Não limpou o jarro das bolachinhas porque não tem mãozinhas?

Sócrates recusa estatuto de funcionário

José Sócrates alega que não é funcionário público, portanto não cometeu qualquer crime.

Soares apoia Costa e acusa liderança de Seguro de mal se identificar com o PS

Mário Soares vê em António Costa o líder do partido “do punho erguido à esquerda e dos socialistas que não têm medo de ser tratados por ‘camaradas'”.

Ainda alguém se lembra de quem enfiou o socialismo na gaveta, mais os camaradas e os punhos erguidos, pela primeira vez?

Quem o viu a fazer jornais, cheio de princípios e éticas políticas, e quem o vê agora armado em Figueira de Oliveira. Não tivesse o kadáfe ido desta para pior e ainda o veríamos a vender panos para tendas em Tripoli, qual Sócrates II.

Há boas perspetivas para as empresas portuguesas na Venezuela — Paulo Portas

ses

A entrevista foi longa, chata e mal preparada pelos jornalistas. Só aqueceu a sério quando se falou do Cavaco Silva, que foi demolido.

Sócrates foi igual a si mesmo. Esta entrevista parece ter sido feita em 27 de Março de 2011 e congelada até hoje.

Quantos aos jornalistas… V. Gonçalves ainda teve uns lampejos de entrevistador, enquanto Paulo Ferreira parecia estar ali apenas a marcar presença.

Agora nos canais N, temos uma SICN com a prata da casa, Miguel Sousa Tavares, José Miguel Júdice, Ricardo Costa e José Gomes Ferreira, uma RTP Informação com Graça Franco, João Marcelino e Pedro Santos Guerreiro e uma TVI24 com Marina Costa Lobo, António Perez Metello, Teresa de Sousa e David Dinis.

Nem sei como me aguento de tanta antecipação…

É às 21.06 (que rigor), o fim do silêncio.

No Largo do Rato o nervosismo impede que se comam as pipocas…

Seguro

(c) Luís Rosa