Manifestações & Vigílias


Os jornalistas estão desanimados com a falta de confronto mais aceso.

Aguarda-se reacção dos tarólogos, desculpem, politólogos.

Há muitos polícias. Não sei o rácio entre fardados e por fardar.

Queselixe

Vai ocupar noticiários, satisfará os participantes e promotores, mas pouco mais. Embora cumpra os objectivos de manter a contestação nas ruas e um marulhar de indignação.

Mas é preciso mais e, principalmente, não tornar aquilo que era singular numa rotina. Já deviam saber disso, agora que o Bloco entrou na menopausa.

A alternativa é ficar quieto?

Não, obviamente que não.


Autocarros da CGTP já atravessaram ponte 25 abril

O dia podia estar melhor, mas eu aconselharia agora um passeio pela zona ribeirinha de Lisboa, umas fotos para a posteridade… um café a olhar o rio… no CCB há uma mostra de vinhos alentejanos… só coisas boas.

Neste caso, o happening acabou por ficar-se nos preliminares, muito intensos, deixando pouca firmeza para o acto em si.

Porque não propõe a CGTP a realização de uma maratona por Portugal?

ave, cæser, imperator, morituri te salutant

Página seguinte »