MadeiraGate


No governo da Madeira há 36 anos, Jardim quer formar novo partido

“Cansado do PSD-Madeira”, líder regional atinge longevidade de Salazar na chefia do governo. Para 5 de Abril está marcado um jantar do Forum Autonomia (FAMA) para debater a criação do Partido Social Federalista.

Já é coisa com duas semanas, mas… este senhor deputado continua a aparecer como se fosse um dos senadores da República e… é apenas mais um ao serviço do jardinismo.

As histórias de horror dos deputados da Madeira

Desvio de milhões das subvenções na Madeira poderá ser absolvido por prescrição

Julgamento de líderes parlamentares e deputados regionais começa esta segunda-feira no Tribunal de Contas, no Funchal.

Governo de Jardim acolhe autarcas derrotados

Ex-presidentes de Câmara, ex-vereadores, ex-adjuntos e ex-assessores autárquicos encontraram no Governo Regional um porto de abrigo. Na Madeira, as autárquicas de 29 de Setembro ditaram grandes mudanças. De repente, sete das 11 Câmaras passaram para a oposição.

Pelo continente parece que o destino dos que saíram é disputar um dos lugares dourados no Parlamento Europeu.

O tachismo, o cunhismo, o clientelismo, o nepotismo e a falta de vergonha na cara e no resto do corpo de que acusavam os anteriores Governos está de boa saúde com o actual.

Exp23Nov13

Expresso, 23 de Novembro de 2013

Madeira retém ilegalmente 18 milhões de receitas consignadas ao Estado

Gostava que fizessem o mesmo com os pequenos contribuintes incumpridores… logo pagam quando puderem…

A ver se o homem se cala de vez.

Jardim desafia Estado português a realizar referendo na Madeira sobre a autonomia

O líder do PSD-Madeira, Alberto João Jardim, considerou no sábado à noite, no Porto Santo, que foi o Governo Central, de coligação PSD/CDS-PP, a dar o primeiro passo de separatismo ao remeter ao arquipélago o pagamento da sua dívida.

Jardim deve um milhão à igreja que inaugurou ontem

O Governo Regional da Madeira concedeu em dez anos perto de 100 milhões de euros em subsídios para obras e instituições religiosas. Agora terá de reduzir pelo menos 15% nestes apoios, escreve hoje o Público.

A relação de promiscuidade entre a política e as mais diversas esferas de interesses privados na Madeira é por demais conhecida e desfruta há demasiado tempo de uma enorme impunidade. Não é caso único no país, é certo, mas parece-me que a escala a que acontece na RAM aconselharia certas figuras do Estado a não fingirem que não sabem, só porque dá jeito à organização partidária que a todos acolheu e deu carreira.

Embora não seja menos verdade que muitos anos de presidência e governo de outra cor teve o mesmo efeito de omissão. O que nos fará pensar porquê…

Gaspar liberta 400 milhões para a Madeira

O centralismo populista jardinesco é de matriz muito similar ao chavismo ou ao peronismo, tão próximos do estilo do engenheiro y sus muchachos.

Programa “Novas Oportunidades” vai continuar na Madeira

O secretário da Educação e dos Recursos Humanos da Madeira, Jaime Freitas, reiterou, esta quarta-feira, que o programa Novas Oportunidades “é para continuar” na região, considerando não haver razões para abandonar este projeto.

 

Esta notícia não explica, mas Alberto João Jardim anda a fazer a ronda das missas dominicais par explicar aos madeirenses as tropelias que fez ao longo das décadas. Hoje foi mais uma. Como em outros domingos.

A argumentação é a de um irmão mais velho de Sócrates e, no fundo, a mesma dos marimba boys que do PS ao Bloco partilham esta visão de desenvolvimento:

“Não tinha, em consciência, o direito de deixar de aproveitar dinheiros de graça”, declarou, esclarecendo que o aproveitamento dos fundos europeus obrigou a ter a comparticipação regional pelo que, também neste caso, teve de recorrer à banca.

E o desplante é equivalente, ao acusar os outros de um falhanço de que é um dos mais destacados obreiros:

“Ouviram-me, ao longo destes anos, dizer que o regime político português ia falhar, a prova que eu tinha razão está aqui, neste momento Portugal está sob administração estrangeira”, observou.

O interessante é que o PSD nacional tenta ignorar este facto, assim como encobrir que o sorvedouro de dinheiros públicos que é o BPN se deve a gente muito ligada – e não em cargos periféricos – ao partido laranja, estando para saber até que pontos houve vasos comunicantes. É muito estranho que um governo armado em tão rigoroso na gestão dos dinheiros públicos que regateia algumas centenas de euros a desempregados e aposentados e dezenas em taxas a doentes se preste a meter milhão após milhão no affair BPN.

A menos que exista receio quanto a todas as ramificações do caso e não existam salpicos incómodos deste género. Que por cá não há jornal que persiga verdadeiramente… como o fez o Mediapart.

Até lá precisam de mais algum salário meu?

Madeira arrasa contas da administração regional e local

Não fosse o buraco da região e o saldo do subsector teria sido positivo em 2011.

A Madeira é um fardo nas contas da administração regional e local. De acordo com o reporte dos défices excessivos, enviado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) ao Eurostat, a região autónoma é responsável pelo facto do subsector ter terminado o ano passado deficitário.

Não seria, a acreditar que é homem de Fé, ir antes lá dentro falar com o Senhor e pedir perdão? Consta que nos tempos que correm chegam meia dúzia de genuflexões, benzeduras e orações para levar para casa.

(só que Deus não vota…)

Jardim quer deixar “finanças arrumadas” antes de se “retirar”

Para uma dívida que se fala de 6 mil milhões, recebem um empréstimo 1,5 mil milhões com 15 anos para pagar? Isto dá o quê? 100 milhões de euros por ano mais juros?

Lamento mas o Governo da República só faltou estender-se no chão para ser cilindrado.

Fortes com os fracos, Passos Coelho, Gaspar e Relvas, vergam-se perante o potentado jardinesco.

… negociar com o Jardim não é nada fácil, em especial quando do outro lado está miudagem que mal acabou uma licenciatura em matérias em que o presidente do Governo Regional se doutorou cum laude.

Para já, o que existe é o compromisso da Região Autónoma da Madeira de respeitar o acordo que consagra, entre outras medidas, uma subida do IVA de 16% para 22% que viabilizará o empréstimo.

Até podem colocar notícias cá fora a dizer que não cedem que isso não se transforma em realidade. E, pior, ainda acaba por provocar o orgulho da fera.

No fundo só conseguiram que o IVA aumentasse, ou seja, que por agora fosse o povinho a pagar os desmandos dos caciques regionais.

E tão só isso.

Que Jardim nunca cumprirá qualquer plano de resgate, mesmo que assine qualquer coisa com esse nome. Mas pelo menos este nem finge muito. O acordo estava teoricamente pronto quando ele chegou às 2 a Belém, mas a verdade é que depois das 7 não havia nenhum.

Passos e Jardim chegam a acordo

(…)

Os detalhes do acordo serão revelados sexta-feira no Funchal por Alberto João Jardim, mas não haverá cerimónia pública da assinatura, tal como o PÚBLICO já tinha avançado. Não há também garantias que o acordo seja assinado nesse dia.

Fonte do gabinete do primeiro-ministro, citando Alberto João Jardim, disse aos jornalistas que o presidente do Governo Regional afirmou “que a Madeira pagará as suas dívidas”.

… parece que vai ser assinado meios às escondidas pelo que ouvi na TSF. Os jornalistas todos na rua ou numa cave ou coisa assim.

Dizem que o Gaspar não cedeu. Eu corrijo: com a sua natural velocidade de processamento da informação, aposto é que ele ainda não percebeu no que terá cedido.

Carlos Zorrinho: Governo tem de ser “duro” com quem trouxe Madeira à “falência”

Neste caso, o jardinesco com o apoio dos trólitadasramos e do que ele saberá sobre alguma coisa. Anotam-se ainda as duas notícias cirurgicamente colocadas em redor e assinaladas com a cor respectiva. São uma espécie de declaração de defesa da desonra. No caso do PR um desafio evidente às declarações da CGTP que se apresentou como a responsável pelo fim da meia hora suplementar.

Aguardam-se manifestações de apoio e regozijo ao corajoso jardinesco por parte de todos os simpatizantes da corrente Troika, Não! Independência Nacional!

 

Página seguinte »

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 833 outros seguidores