Já Não Há Gajos Como Antigamente


… é uma aliança com um dinossauro das Caldas!

O social-democrata Fernando Costa, eleito vereador pela coligaçãoLoures Sabe Mudar, disse nesta segunda-feira que vai assumir o pelouro dos Serviços Jurídicos no executivo municipal liderado pelo antigo líder parlamentar do PCP, depois de ter sido estabelecido “um acordo de princípio” com a CDU. Nas eleições de 29 de Setembro, a coligação PCP-PEV elegeu cinco vereadores, o PS quatro e o PSD dois.

“Há muitos pontos em comum nos dois programas autárquicos e isso facilitou o acordo. Tanto a coligação Loures Sabe Mudar como a CDU defendem uma gestão mais rigorosa e uma redução dos impostos municipais”, justificou o vereador Fernando Costa. O rigor nas contas municipais foi, de resto, a prioridade apontada pelo novo presidente da câmara, Bernardino Soares, no discurso de tomada de posse, na semana passada.

Da coligação Loures Sabe Mudar, que integrou, além do PSD, o Movimento Partido da Terra e o Partido Popular Monárquico, irá também assumir pelouros o vereador social-democrata Nuno Botelho, que ficará com as áreas do Turismo, Polícia Municipal, coordenação do Contrato Local de Segurança e serviços do veterinário municipal.

Esta tarde ainda havia quem dissesse que a coisa era quase informal, qualquer coisa pela Assembleia Municipal e não se fala muito nisso.

Não, é uma aliança formal com distribuição de poder efectivo. E é bom que se note com quem.

A norte, a uma outra escala, também se encontram afinidades…

Se dúvidas existissem sobre a ausência de tintis a sério…

E o giro é que ainda vão tentar fazer um fricote de menino passar por sentido de Estado.

Portas recua na demissão e fica no Governo

Paulo Portas deverá manter-se no Governo e com uma posição mais reforçada no acordo de coligação.
.
pronto pronto
(c) Luís Rosa

Portas pede aos professores que não façam greve aos exames

 

paulo portas independente

 

Falta bué da pouco. Apitam ou não?

A estátua está ali junto ao parque antigo da cidade… e resistiu, quase intocada, aos excessos de 74-75.

O governo quer relançar a industrialização. Como se faz isso?

Pretendemos lançar uma estratégia de fomento industrial entre 2013 e 2020. Se queremos voltar a apostar na indústria e nos nossos sectores produtivos é importante a agenda de reformas estruturais que está no terreno. Em Portugal e na Europa viveu-se nas últimas décadas na ilusão de que podíamos deixar as nossas empresas deslocalizar. Vivemos uma crise sem precedentes que se baseia na perda de competitividade, conjugada com um nível de endividamento insustentável. É fundamental invertermos o ciclo de tendência de desindustrialização de Portugal e da Europa.

… até porque na Madeira se chegou a anunciar o mesmo e por gente eleita… mesmo se a diferença em termos de credibilidade é… ténue.

José Castelo Branco quer acabar com lojas de chineses em Sintra

O ‘rei do jet set nacional’ diz que vai mesmo concorrer às eleições para a Câmara de Sintra e revela já ter 6 mil assinaturas. Ao Diário de Notícias (DN), José Castelo Branco adiantou que quer acabar com as lojas chinesas, cobrar taxas a turistas e promover festas no concelho.

Congresso dos autarcas termina em discórdia

« Página anteriorPágina seguinte »