Inéditos


SONY DSC

A petiza ainda vê as coisas muito coloridas… ainda bem…

 

Iavé foi ao Templo à sucapa.

E, em vez de orar a si próprio, entreteve-se a trocar uns fios asnos no oráculo da Matemática.

“É para aprenderem a ler!”.

No dia seguinte os iaveístas adoraram Iavé por ser grande, talvez maior.

IMG_3242

(c) M.

O Tribunal de Albergaria-a-Velha absolveu hoje as três vítimas de um roubo que estavam acusadas de um crime de ofensa à integridade física, pelas agressões contra o assaltante.

E era preciso? Era, porque um indivíduo tem que proceder segundo a Lei que preserva a integridade física – quiçá também a psíquica – dos larápios.

É perguntar a um larapiólogo!

IMG_2109

 

 

 

O O PCP e Jerónimo de Sousa receberam o Mário Nogueira e concordaram com as posições da Fenprof.Isto é um bocado auto-coiso. Concordar com o que se decidiu.

Aprender chinês antes de saber ler e escrever

[aqui]

Descuidados!

Professor agredido por três homens após expulsar aluna de sala de aula

Hoje em moldes diferentes, cortesia do Luís Guerreiro. A acompanhar com qualquer base de um fado tradicional de Lisboa, daqueles que parecem sempre o mesmo, apesar de património imaterial e tal.

Fado do Paineleiro #2

Para pagar os comprimidos para o meu cão que é cardiaco,
… Ando práqui a pintar a preços baixos.
Devido à crise que assola a minha Pátria,
Sou obrigado a praticar o “Downpricing”

Voltei a praticar os preços de 1998,
E digo isto sem alegria.
Para os clientes é muita louyco
Comprar os meus azulejos, na escudaria.

Mesmo assim ainda regateiam os preços,
E o que querem mesmo é o mais barato.
Voltei aos preços de antigamente,
Porque a malta não tem dinheiro nem pró tabaco…

Neste drama português,
Já pensei em emigrar,
para Angola e ser um Soba!
Mudei de ideias quando me falaram que lá,
Tinha de ter dinheiro prá “Gasosa”

Minha CRUZ

Ideia inicial minha com arte do Luís Guerreiro.

São três secretários cheios de ideias vazias, que não nos  trazem ouro nem o bom aroma do incenso, mas apenas o que nos mirra.

Conseguem identificá-los? São autores de algumas das declarações mais aparvalhadas dos últimos tempos, descontando o seu modelo relvas, seguro, o zorrinho, o engenheiro, os galambas, e etc.

As Renas do Liberalismo

Arte do Luís Guerreiro a partir de uma ideia minha.

Confesso que fiz muita questão no narizinhos que ele transformou em amorosos corações.

Hoje no DN da introdução e do essencial da conclusão do artigo “Até que ponto há liberdade na liberdade de escolha?” feito para a revista XXI – Ter Opinião da Fundação FMSantos. O original é um bocado mais extenso (prái oito vezes maior e com notinhas de fim de texto), mesmo se ainda seria mais extenso caso quando o escrevi tivesse em meu poder os elementos mais recentes da situação sueca.

Faltam as outras cores, mas compreende-se. Até uma criança fica assim, a p/b.

Página seguinte »