Freud


 

Tudo, MAS MESMO TUDO, decorre normalmente.

 

 

é a propósito de quê? Ou não?

Diz que é suicida – num processo de rejeição anacorética, conforme o tempo das amoras, Calino dixit.

se a solução do país estiver nos fumadores.
Fuma-se e salva-se tudo, mas só se se exceptuarem os cubanos.

É este. A PT ainda não conseguiu colocar nenhum!!!

Se calhar há, “néon” sei.

Espaço para os do comité-central, após couratos nas rulotes – transporte privado, ditarem sobre descentralização.