Ferramentas


Uma novidade, um blog dedicado especificamente às questões ligadas á indisciplina:

ComRegras…

De que muita gente não gosta, por convicção ou oportunidade. O Público traz um grande conjunto de matérias sobre o tema, desde o ranking propriamente dito à sua explicação e a diversas opiniões e análises, desde logo dos autores deste ranking específico.

Eu acho-os úteis se não os lermos de forma linear, unidimensional e maniqueísta. Por estranho que pareça, os rankings até nos podem ajudar a demonstrar aquilo que alguns mais lhes criticam.

É isso que tento demonstrar aqui:

Os rankings como retrato de uma Educação a várias velocidades

(…)

O que a última década de rankings nos revela de forma mais evidente é que não se pode perturbar continuamente o funcionamento das escolas, em especial das públicas, e esperar que ela acompanhem o desempenho das privadas que funcionam com estabilidade ao longo dos anos, praticamente imunes aos efeitos da incontinência legislativa do Ministério da Educação. Revela-nos ainda que, sejam públicas ou privadas, as escolas mais inclusivas, as que não praticam formas mais ou menos assumidas de selecção dos alunos, tendem a ter desempenhos menos positivos à medida que as condições de vida da parte mais desfavorecida da população pioram, mesmo se esse factor não determina, por si só, o insucesso individual. Complementarmente, demonstra-nos que a aposta num apoio diferenciado às escolas públicas, com investimentos concentrados numa minoria de equipamentos de elevada qualidade, em regra localizados em zonas que já antes dispunham de condições envolventes mais vantajosas, conduziu a um agravamento das desigualdades na própria rede pública.

Sobre as opiniões de cada um, muito haveria a dizer pois há quem defenda a transparências dos dados das escolas públicas, mas não exija o mesmo das escolas do sector privado, que continuam a não fornecer os dados de contexto. Mas não vale a pena entrar muito por aí, pois não se trata de um ranking de coerência.

A transparência, quando nasce, não é para todos e as virtudes exigidas por alguns são, em regra, apenas aos outros.

 

Back-to-School Resources for Parents

Find resources to help children begin school with a positive mindset, support their transition into a new school year, and prepare them for fall learning.

Dipsticks: Efficient Ways to Check for Understanding

… pelo menos em apreciação no concelho de Matosinhos, bastião tradicional do PS, agora governado pelo “independente” Guilherme Pinto.

Caro colega Paulo Guinote,

De acordo com a documentação em anexo, pedimos o favor de divulgar no Blog “A Educação do meu Umbigo”, a sessão temática denominada “Os Produtos de Apoio no Acesso ao Currículo do Aluno com NEE”, dinamizada pelo CRTIC Sintra, a realizar-se no Auditório da Escola Básica e Secundária de Gama Barros, Agrupamento de Escolas D. Maria II, Sintra, no dia 24 de junho de 2014, entre as 10h30 e as 12h.

A inscrição pode ser feita através do envio da ficha em anexo preenchida para o seguinte endereço de correio eletrónico: educacaoespecial.dmariaii@gmail.com.

Atenciosamente,

Sandra Simões
Marina Abrantes

Educação Especial
Centro de Apoio Psicopedagógico ao Aluno (Projeto K)
Escola Básica e Secundária de Gama Barros (Escola Sede)
Agrupamento de Escolas D. Maria II

Panfleto_Sessão de Esclarecimento_CRTIC_(1)

Anexo: Folha de Inscrição.

9Ano – Preparação Prova Final Matemática

Página seguinte »

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 1.113 outros seguidores