Este Poste É Do Fafe


… o trimilésimo poste aqui do je; lamento.

 

fafefoto

 

 

 

 

 

o hollande vai apresentar gqueixas ao seguro.

 

comemorar o desígnio no Campo Pequeno

 

… a tal prova não tem que ter, como é que se chama, uma matriz?

 

Não me digam que se esqueceram dos regulamentos…

 

[mas não da matriarca!]

 

Caros colegas

A solidariedade, a determinação, a boa organização entre pares…têm caraterizado o comportamento dos professores portugueses neste período de greve às avaliações, provando-se assim que também a classe docente é capaz de se mobilizar e unir esforços em momentos cruciais como este.

Vale a pena continuar!

Sobre a greve do próximo dia 17, greve nacional de professores e educadores, e que coincide com o 1º dia de exames, o colégio arbitral deu a vitória aos sindicatos: não há fixação de serviços mínimos para a greve dos professores considerando que “… não afeta de modo grave e irremediável o direito ao ensino na sua vertente de realização dos exames finais nacionais…”,

Também não há margem legal para a requisição civil. Não encontrando outras saídas o MEC, continuando com a sua postura de intransigência, resolve mandar convocar todos os professores para estarem presentes nas escolas no dia da greve, pelas 8.30.  Convém esclarecer que esta convocatória não anula o direito a fazer greve. É a forma encontrada para que os professores se sintam coagidos a estarem presentes! Mas a lei protege os professores. Todos aqueles que quiserem fazer greve não devem comparecer na escola, e daí não pode resultar qualquer tipo de penalização!

Vamos todos fazer a greve no próximo dia 17, esta é a melhor forma de o MEC perceber que está a lidar com profissionais dignos, que têm um papel na sociedade da mais alta relevância social e que, por isso, devem ser respeitados e considerados. A greve só terá sucesso se houver uma adesão massiva.

Lembramos que a greve de dia 17 é para todos os docentes, ou seja, é uma paralisação total do trabalho durante todo o período de funcionamento correspondente ao dia, em todos os estabelecimentos de ensino públicos ou privados.

É importante a participação de todos nesta greve!

Apelamos também à participação na manifestação nacional de dia 15 de Junho. Caso pretenda ir nos transportes que disponibilizamos contacte-nos.

           A presidente do SDP Sul,

Josefa Lopes

por me apetecer dar aulas amanhã. Porque sim e por ter autorização dos encarregados de educação.

Sou mau? Sou.

« Página anteriorPágina seguinte »