Engenharia Profissional


Quando se pensava que a plataforma do MEC já não poderia ser mais criativa, eis que surge uma alternativa à colocação de um professor em múltiplas escolas e à colocação de vários professores numa vaga… agora é a colocação do mesmo professor em 5 vagas na mesma escola. Se repararem tem 5 momentos diferentes de aceitação, pelo que se depreende que são cinco horários diferentes.

Confesso que ainda estou a esfregar os olhos desde que encontrei isto no Faceprof.

Multi

Abaixo de 50 vagas negativas, mas mesmo assim…

  • 150976 – Agrupamento de Escolas de Nogueira, Braga – 46 vagas negativas
  • 151520 – Agrupamento de Escolas D. Manuel de Faria e Sousa, Felgueiras – 49 vagas negativas
  • 152780 – Agrupamento de Escolas Dr. João Araújo Correia, Peso da Régua – 46 vagas negativas
  • 152869 – Agrupamento de Escolas de Diogo Cão, Vila Real – 49 vagas negativas
  • 150551 – Agrupamento de Escolas de Arrifana, Santa Maria da Feira – 45 vagas negativas
  • 161974 – Agrupamento de Escolas Coimbra Centro – 46 vagas negativas
  • 402140 – Escola Secundária Maria Lamas, Torres Novas – 48 vagas negativas
  • 170951 – Agrupamento de Escolas Romeu Correia, Almada – 49 vagas negativas
  • 171177 – Agrupamento de Escolas Professor Lindley Cintra – Lumiar, Lisboa – 46 vagas negativas
  • 171608 – Agrupamento de Escolas D. Domingos Jardo, Sintra – 48 vagas negativas
  • 172121 – Agrupamento de Escolas de Queluz-Belas, Sintra – 48 vagas negativas
  • 170770 – Agrupamento de Escolas Alves Redol, VFXira – 48 vagas negativas
  • 135379 – Agrupamento de Escolas n.º 2 de Beja – 49 vagas negativas
  • 145555 – Agrupamento de Escolas de Silves – 49 vagas negativas

Só estes 14 agrupamentos e escolas apresentam mais vagas negativas do que todas as positivas a concurso. Algo que no Jornal de Negócios não acharam ser relevante.

Repito que estes valores correspondem á diferença entre vagas negativas e positivas.

  • 151701 – Agrupamento de Escolas de Búzio, Vale de Cambra – 50 vagas negativas
  • 400026 – Escola Secundária Avelar Brotero, Coimbra – 83 vagas negativas
  • 402321 – Escola Secundária Nuno Álvares, Castelo Branco – 53 vagas negativas
  • 161226 – Agrupamento de Escolas de Sertã – 59 vagas negativas
  • 171360 – Agrupamento de Escolas Marquesa de Alorna, Lisboa – 69 vagas negativas
  • 171712 – Agrupamento de Escolas de Santa Maria dos Olivais, Lisboa – 50 vagas negativas
  • 171943 – Agrupamento de Escolas Baixa-Chiado, Lisboa – 53 vagas negativas
  • 402163 – Escola Secundária Marquês de Pombal, Lisboa – 50 vagas negativas
  • 171128 – Agrupamento de Escolas 4 de Outubro, Loures – 76 vagas negativas
  • 171980 – Agrupamento de Escolas de São Julião da Barra, Oeiras – 66 vagas negativas

Agora já fazem algum sentido as ameaças que um certo comentador aqui anunciou, segundo as quais em finais de Fevereiro muita gente ficaria com o lugar em perigo.

O que significa que isto estava na manga antes de qualquer apuramento…

    • 150137 – Agrupamento de Escolas Alcaides de Faria, Barcelos – 82 vagas negativas
    • 150988 – Agrupamento de Escolas Dr. Francisco Sanches, Braga – 92 vagas negativas
    • 150502 – Agrupamento de Escolas Prof. Carlos Teixeira, Fafe – 60 vagas negativas
    • 152316 – Agrupamento de Escolas da Trofa – 101 vagas negativas
    • 150642 – Agrupamento de Escolas D. Sancho I, Vila Nova de Famalicão – 72 vagas negativas
    • 152821 – Agrupamento de Escolas de Valpaços – 55 vagas negativas
    • 150666 – Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar – Sul – 65 vagas negativas
    • 161962 – Agrupamento de Escolas Águeda Sul – 53 vagas negativas
    • 151658 – Agrupamento de Escolas Soares Basto, Oliveira de Azeméis – 59 vagas negativas
    • 161998 – Agrupamento de Escolas de Tondela Tomaz Ribeiro – 55 vagas negativas

Isto vai passar por adequação dos quadros às necessidades, mas não é verdade.

Ou então alguém teria de ser responsabilizado por alguma coisa…

Estess totais já têm conta a diferença entre negativas e positivas.