Desejos & Etc


 

Por onde andará agora aquele proto-grafito do Movimento Revolucionário dos Pinta Paredes que tinha mais leline por se te tomar a si próprio?

 

É esse projeto de liberdade, democracia, justiça e progresso social que há 93 anos defendemos que nos vincula e que nos distancia de opções e orientações da República Popular Democrática da Coreia.

Um distanciamento com dúvidas.

Fazer uma trempe.

Ou outra coisa parecida.

O sindicato do crime é de direita, nem podia ser de outra forma.

  • A malta não gosta de reuniões, diz que são muitas e longas.
  • Então mandam-se as coisas por mail, para evitar reuniões ou encurtá-las.
  • O pessoal não abre o mail e não sabe, acaba a queixar-se.
  • Se abre o mail, não consegue dar com os ficheiros anexos, acaba a queixar-se-
  • Se dá com os ficheiros, não os consegue abrir porque o formato é esquisito, acaba a queixar-se.
  • Se abre o ficheiro, não percebe bem o que lá está escrito, acaba a queixar-se.
  • Se percebe o que lá está, fica sem saber se não será melhor uma reunião para esclarecer as dúvidas.
  • Então a malta acaba a fazer muitas reuniões. E longas.

Poema dum Funcionário Cansado

A noite trocou-me os sonhos e as mãos
dispersou-me os amigos
tenho o coração confundido e a rua é estreita
estreita em cada passo
as casas engolem-nos
sumimo-nos
estou num quarto só num quarto só
com os sonhos trocados
com toda a vida às avessas a arder num quarto só
Sou um funcionário apagado
um funcionário triste
a minha alma não acompanha a minha mão
Débito e Crédito Débito e Crédito
a minha alma não dança com os números
tento escondê-la envergonhado
o chefe apanhou-me com o olho lírico na gaiola do quintal em frente
e debitou-me na minha conta de empregado
Sou um funcionário cansado dum dia exemplar
Por que não me sinto orgulhoso de ter cumprido o meu dever?
Por que me sinto irremediavelmente perdido no meu cansaço
Soletro velhas palavras generosas
Flor rapariga amigo menino
irmão beijo namorada
mãe estrela música
São as palavras cruzadas do meu sonho
palavras soterradas na prisão da minha vida
isto todas as noites do mundo numa só noite comprida
num quarto só

[António Ramos Rosa]

… nem que tivesse sido lá muito no fundo.

Poema Y Antes Que El Olvido Nos de Antonio Cisneros

 

Lo que quiero recordar es una calle. Calle que nombro por no
nombrar el tambo de Gabriel
y el pampón de los perros y el pozo seco de Clara Vallarino y
la higuera del diablo.
Y quiero recordarla antes que se hunda en todas las memorias así
como se hundió bajo la arena del gobierno de Odría en el año 50.
Los viejos que jugaban dominó ya no eran ni recuerdo.
Nadie jugaba y nadie se apuraba en esa calle, ni aun
los remolinos del terral pesados como piedras.
Ya no había hacia dónde salir ni adonde entrar. La neblina o el sol
eran de arena.
Apenas los muchachos y los perros corríamos tras el camión
azul del abuelo de Celia.
El camión de agua dulce, con sus cilindros altos de Castrol.
Yo pisé entonces una botella rota. Los muchachos (tal vez) se
convirtieron en estatuas de sal.
Los perros (pobres perros) fueron muertos por el guardián de la
Urbanizadora.
Y la Urbanizadora tenía unos tractores amarillos y puso los
cordeles y nombró como calles las tierras que nosotros no
habíamos nombrado.
(También son sólo olvido.)

Lo que quiero recordar es una calle. No sé ni para qué.

[Antonio Cisneros]

Portugal Music Export “é concretização de um sonho”

A criação do Portugal Music Export, com o objectivo de promover a música portuguesa no estrangeiro, constitui, para os responsáveis envolvidos no protocolo hoje assinado, em Lisboa, “a concretização de um sonho de há muitos anos”.

Que aos espécimes daquela estirpe, infelizmente comum, de criaturas que desregulam um dos faróis dos carros, para poderem ver não sei o quê melhor, caísse um balde de excrementos na cabeça sempre que se cruzam comigo, ou com qualquer outra pessoa incomum, daquelas que usa os faróis regulados.

Ou então que percebessem que aquilo que fazem é apenas estúpido e incomoda os outros, em especial quando transitam atrás de nós e o farol mais alto se reflecte no nosso espelho retrovisor até ao extremo do encandeamento.

Eu sei, era mais fácil desejar a paz no mundo.

Que, por algum deslize jurídico-argumentativo de uma cautela providencial aceite, não fiquemos sem receber salário em Janeiro. Há algumas pessoas e famílias a quem faz falta.