De Mão Estendida


Quando os governos da “Europa” e muitas das suas oposições aceitam como presidente um tipo que, enquanto governante do seu minúsculo estado, aceitou manobras de evasão fiscal de contribuintes dos outros estado europeus e como autoridade máxima do chamado eurogrupo um outro que nem uma tese de mestrado bolonhesa conseguiu fazer sem polémicas?

A quem disser que isto são epifenómenos eu contraponho que são sinais evidentes do resto do icebergue.

Anúncios

Marinho e Pinto disponível para “soluções” com PS e PSD

Marinho e Pinto. “O MPT vai permitir soluções de governo ao PS”

24horas

Reitores receberam carta do Governo a garantir reposição dos milhões em falta

Se eu mandar um postal ilustrado à moda antiga, também me garantem a reposição do que me têm tirado?

…e nada como alugar todo o espaço de um blogue destinado ao debate aprofundado da Educação para equilibrar as finanças pessoais com recurso a publicidade de sebentas e agendas para os profes de quem se diz mal no resto do tempo.. Poderia chamar-se empreendedorismo, mas eu acredito que é porque o camarada Ramiro acredita mesmo muito nestes materiais…

ProfCrise

Se eu podia evitar a provocação? Claro que sim, mas não seria a mesma coisa…

Não percebem que, até pelo perfil, este é outro peixe de água profundas? Não completamente Gama, não completamente Vitorino, mas…

A frustração das ‘tropas’ de António Costa pelo recuo inesperado na reunião da Comissão Política, que acabou com um abraço a António José Seguro, exprimia-se esta semana nos corredores do Parlamento em palavras fortes. «Estou lixado» era uma versão moderada. Na terça-feira, quando subiram a escadaria do Largo do Rato, os apoiantes de Costa tinham missões distribuídas, discursos combinados e até um director para a campanha interna apontado: Jorge Lacão, ex-ministro de José Sócrates.

 

Prefiro comprá-los a ter de os ler em biblioteca ou estar o dia todo a passar os pdf do site do Arquivo do Parlamento. Procurei, mas não encontro. No Google Books só estão partes, em alfarrabistas online não consegui. Se alguém os tiver e quiser vender ou se os encontrar em algum lado, muito agradeço que mo digam.

É a primeira vez que faço um pedido destes, mas é mesmo por questões de trabalho.

Porque é uma não-licenciatura… como a do outro… aquele… com quem muitos assessores e coisos e tal do actual Governo tanto gozavam… o que é giro é saber que tantos meninos-da-Católica andaram de mão estendida á espera…

Passos: licenciatura de Relvas é «não assunto»

Primeiro-ministro recusa comentar o tema por não ter conhecimento de «nenhuma ilicitude».

Página seguinte »