Bocejo


“Eu não tenho amigos”, diz Passos Coelho

Primeiro-ministro nega que o Governo esteja a ajudar os grandes grupos em detrimento dos cidadãos.

A forma como o actual PM se vai parecendo anterior é assinalável. Embora diga estas barbaridades sem aquele ar de indignação do engenheiro  e se tenha especializado no estilo cara de pau com laca.

 

Foi o que li num auto-blogue.

 

… desconhecer que se uma turma de 6º ou 9º ano termina as aulas no turno da manhã não é ilegal fazer reunião de avaliação ao fim da tarde.

Mas, enfim…

Greve às avaliações começa mais cedo

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) entrega amanhã os pré-avisos de greve às avaliações no Ministério da Educação. O pré-aviso passou também a incluir o dia 7 de junho, último dia de aulas, para evitar que sejam marcadas reuniões para esse dia.

O secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira, disse que há escolas a marcar essas reuniões para o último dia de Maio e início de Junho, o que é “ilegal uma vez que só podem ser realizadas depois do fim das aulas”, que terminam 7. A Fenprof vai entregar providências cautelares para impedir essas reuniões, avançou o sindicalista.

and frankly my dear, I don’t give a damn.

Ruas rejeita que acordo com Governo seja favor político a Relvas

Há gente muito mal intencionada… Alguma vez seriam capazes de uma coisa dessas…

Antes:

https://educar.wordpress.com/2012/02/11/post-nocturno-para-balanco-da-grandiosarotineira-manifestacao/#comment-674685

Depois:

http://blasfemias.net/2012/02/12/os-numeros-sempre-os-numeros/

 

http://oinsurgente.org/2012/02/12/300-000-ou-30-000/

 

http://31daarmada.blogs.sapo.pt/5466362.html

A água, sendo pura e cristalina, o vinho ainda é melhor.

… é aquela dos desfiles de Carnaval, tão tradicionais nas escolas do 1º CEB e mesmo em muitas dos 2º e 3º CEB… Os agrupamentos verticais têm destas coisas…

… a burrada ainda vai ter mais actos, temos cá produtores de novelas.

[televisão digital a pé]

Por exemplo, que não tem nada a ver, a PT holandesa que veja nos arquivos apagados quantas vezes não conseguiu instalar um telefone em dois anos! Se eu colocasse uma luzinha vermelha – já estava.

O (demissionário? demissionado?) ministro Santos Silva acusou alguém de mentir, o que só por si é algo curioso. Quase sem querer, vi um recuperado conselheiro  Nogueira Leite em três canais-N a protestar, dizendo que não.

Faltam ainda 27 dias disto. Arre!

Há coisas que se admitem a uns, mas não a outros. É o caso do reflexivo descodificador-mor da luta dos professores, na perspectiva ortodoxa fenprofiana que responde pelo nome de Francisco Santos.

O homem a todos critica, desde que não sigam a via burocrática da contestação. Descrente da comunicação social, em tempos de submarino na APEDE colocou-se sempre a jeito para aparecer. Agora teve a sua oportunidade para ser exemplar na coerência sobre a ADD e esparrama-se ao comprido, por muito que tente controlar os danos num post do seu blogue.

A verdade é que, conhecendo eu a jornalista do Expresso, sei bem que não é dada a enganos ou equívocos, pelo que o que está escrito é claramente o pensamento da contestação conformista, aquela que diz que se declarou indisponível, mas aceitou a nomeação. Que fez pedido de escusa mas, ao ser indeferido, se fica por aí e agora afirma que «o que interessa agora é prejudicar o menos possível os colegas».

Ou seja, vai fazer o que lhe mandam. Rendeu-se em termos individuais, esperando que as massas façam com que a sua falta de coerência se dilua.

Porque a cagufa é mais do que muita e, no fundinho, há lutadores que se sentem todos emproados por se mostrarem bonzinhos para com os colegas.

No fundo, se vivessem na Alemanha em 1935 ou 1940, fariam o pedido para não gasear os judeus, mas se fosse indeferido, declarariam que os gaseariam com gentileza. Mas gaseariam…

(Nota a posteriori: esta parte acima chocou algumas conciências. Para a próxima, preferem uma metáfora com a matança de focas-bebé? Eu mantenho o que escrevi, pois o absurdo é bem evidente, desde a parte do pedido, que  não percebe, paciência!)

Se até aceitaria isto a outros, menos peneirosos nos pergaminhos de lutas, no caso do mestrando Francisco Santos, acho de um colaboracionismo inaceitável e de uma cobardia política assinalável.

Claro que ao escrever isto sei que a reacção reflexiva será ao nível mais rasteiro dos comentários no seu blogue, da família Sagrav. Mas, por muito que pudesse ser diplomático ignorar, é-me mesmo impossível deixar passar em claro esta manifestação de rabo-entre-as-pernas. É desta massa que se fazem certos candidatos a dirigentes sindicais!

Verdade se diga que quem precisa de um dia específico para decidir em quem (não) vota…

Se nem quanto a um candidato presidencial se entendem, como se irão entender para apoiar o Seguro ou o Costa?

Esquerda do PS e figuras do soarismo procuram alternativa a Sócrates para “Governo patriótico”

Os socialistas estão preocupados. Com a descredibilização do Governo de José Sócrates e com a possibilidade de o Orçamento do Estado, em preparação para 2011, não ter condições de ser executado. E essa preocupação assola sectores da esquerda do PS, bem como figuras do soarismo, soube o PÚBLICO.

Atendei, a jeropiga e a água-pé são proibidas por lei.

Desprofessorizo, Logo Dico

ou

Faço Castelos Espanhóiles (M/F) No Ar

Governo faz balanço positivo de início do ano lectivo

Num novo ano carregado de velhos e confrontado com novos problemas, a escola pública corre sérios riscos!

De ensino: nada.

[aqui]

… enquanto outros…

FENPROF reúne esta quarta-feira no ME

A pedido da FENPROF, realiza-se esta quarta-feira, dia 28 de Julho, pelas 16 horas, uma reunião com responsáveis do Ministério da Educação na qual serão debatidos os seguintes assuntos:

Formação Contínua: apresentação do estudo efectuado pela FENPROF junto dos Centros de Formação e proposta de abertura de negociações com vista à alteração dos actuais regimes jurídico e de financiamento da FC;

Educação Especial: apresentação de propostas com vista à alteração do actual regime de Educação especial que impõe a CIF como único instrumento de avaliação das necessidades educativas especiais das crianças e jovens;

Estatuto da Carreira Docente: apresentação de problemas que estão a surgir em escolas que, através de interpretações diversas, estão a ser impedidos de progredir ao abrigo das normas previstas no novo ECD.

  • Não sou líder de qualquer movimento, independente ou dependente.
  • Não estou assustado com a proposta de revisão constitucional do PSD, apenas expliquei os objectivos.

O tal Miguel Abrantes do Câmara Corporativa podia arranjar outro motivo de conversa. Para ser comigo é essencial atingir metas de aprendizagem na análise dos factos (o tal do líder de movimentos) e de opiniões (exige mais, eu sei, mas era bom que entendesse para além da mera picardia.

Sendo assim, assunto encerrado.

… um post que estou para escrever sobre a nossa politiquinha e o seu brilhante futuro, por causa de uns malfadados minutos em que ontem passei – por absoluto disparate – pelo Corredor do Poder na RTP1.

A representar os partidos do rotativismo nacional estavam o Sérgio Sousa Pinto e o Marco António Costa.

É pá… já estão a ver que tipo de post saía… que raios, consta que eles são mais novos do que eu e… são tão CHATOS!!! Em especial o aspirante a delfim do Soares. O outro fascina-me pelo facto de nenhum capilaridade se mover em nenhuma direcção

Educação: FNE defende mais exigência na qualidade do ensino

Página seguinte »