As Actas


O acesso às actas do acordo

… pelo menos é o que me chega por duas fontes bem distintas. Há quem não queira escrever as coisas que não podiam ser escritas antes e agora muito menos, pelo que quem precisa que elas apareceçam escritas não pode assinar se elas lá não estiverem. Porque enfim. Bem me parecia que isto não podia acabar a contento de todos.

Amanhã talvez já possa dizer mais alguma coisa…

As outras é que não há maneira…

Parlamento já tem actas das reuniões da Parque Escolar

Documentos foram enviados pelo Ministério da Educação, depois de vários partidos terem questionados os critérios de adjudicação das obras

Então porque é referida neste documento da própria Fenprof?

É verdade que neste documento nada se diz quanto à graduação para os concursos, o que nos deixa na dúvida se ficou definido algo específic sobre o assunto. Ou se não. Em qualquer dos casos, há rabo de gato

Mas a questão que coloco é esta: se Mário Nogueira diz hoje que a acta negocial não se conhece, nem sequer o seu projecto para correcção, como foi possível elaborar este documento com base no que estaria em tal acta?

Ou será que a acta pública que não se conhece, afinal conhece-se, mas não de forma pública? Só em versão mastigada ou mitigada?

Como ficamos quanto a… a… a… como é que lhe chamaram? Teoria da conspiração?

De manhã, alguém me perguntava quais mentiras?

Será que devo continuar?

.

E uma nota final de agradecimento ao Maurício por ter conseguido xdesencantar este documento, de que eu tinha pálida memória quando falava das tais promessas que teriam ficado em acta negocial. A menos que exista ainda outra. Acho que não. Só se for em projecto. Que não se conhece.

Y Olé!

Pessoa amiga que teve contacto com quem por lá andou diz-me que pelo menos numa das salas se levantaram, naquele entardecer e noite de 7 de Janeiro, muitas reservas quanto às disposições transitórias entre os modelos de carreira e que a assinatura do acordo ficou condicionada à obtenção de uma solução diferente, que a ninguém prejudicasse, daquela a que tivemos acesso.

E que isso ficou registado numa das tais actas.

Eu acho que até poderia dizer em que andar isso aconteceu, mas era chato fazê-lo antes dos próprios interessados se chegarem à frente com clareza.

A menos que isso prejudique o desenrolar do processo negocial, é claro. Nesse caso, não me importo de esperar sentado, ou mesmo reclinado.

« Página anterior