A Teia


An Open Letter from Your Horrible Facebook Friends

Obsessing over the perfect social media post is ruining your life, study says

Agradecendo a referência ao Livresco.

PJ investiga máfias que atacaram sistemas informáticos de escolas e ministérios

O desinvestimento na manutenção tem sido aflitivo e a desactualização perante as ameaças é mais do que evidente.

Anda a circular por mail a última edição, mas não a coloquei online porque, afinal, aquilo ainda tem direitos de autor e eles merecem.

Se ainda não receberam, acho que pelo menos no Aventar está disponível.

North Korea Loses Its Link to the Internet

11 fotos que os pais não devem publicar nas redes sociais!

O estilo de Mário Crespo é muito próprio, nem sempre concordo com as suas posições, mas é um estilo de jornalismo incómodo, mesmo se selectivamente incómodo, como muitos outros. Uma pessoa gosta de quem gosta e desgosta de quem desgosta.

Como em outras alturas, reagiu mal quando se sentiu afastado ou limitado no seu programa na SICN.

Mas, analisando a publicidade esplendorosa ao BIC (o comprador do que resta do BPN por tuta e meia, com o Miga Amagal como esta de fego) no Expresso, talvez reconsidere… é bem verdade que quase toda a banca”de referência” está lá em peso com mensagens de esperança na retoma (até o Santander-Totta, aparentemente o menos alinhado com este desgoverno), mas há ali um destaque que vai da primeira página até à página 3.

E olhem que não é nada que, mesmo de forma ténue, há uns tempos, não chegue aos próprios blogues com o recado de “vê lá se não acabas por parecer racista, que eles são muito sensíveis a isso”.

Navegar sem perder o pé

Caro(a) Diretor(a) / Presidente da CAP

Caro(a) Responsável TIC

A DGEEC enquanto entidade gestora da Rede Alargada da Educação vem lamentar a fraca qualidade de serviço de ligação à Internet sentida nos últimos dois meses. Um dos fatores que fez decrescer o nível de qualidade e as velocidades de acesso à Internet está intrinsecamente ligado ao elevado número de ataques DDoS de que a rede foi alvo. Verificaram-se 5 ataques nos meses de janeiro e fevereiro, sendo amostra da sua magnitude os mais recentes (março) que elencamos a seguir:

·         Ataque de negação de serviço distribuído (DDoS) de elevada magnitude, no dia 6 pelas 09:11: saturação de 29,33 % da largura de banda;

·         Ataque de negação de serviço distribuído (DDoS) de elevada magnitude, no dia 6 pelas 09:18: saturação de 31,33 % da largura de banda;

·         Ataque de negação de serviço distribuído (DDoS) de elevada magnitude, no dia 6 pelas 09:31: saturação de 41,66 % da largura de banda;

·         Ataque de negação de serviço distribuído (DDoS) de elevada magnitude, no dia 6 pelas 09:44: saturação de 15 % da largura de banda;

·         Ataque de negação de serviço distribuído (DDoS) de elevada magnitude, no dia 7 pelas 09:12: saturação de 17,16 % da largura de banda;

·         Ataque de negação de serviço distribuído (DDoS) de elevada magnitude, no dia 7 pelas 09:25: saturação de 22,66 % da largura de banda;

·         Ataque de negação de serviço distribuído (DDoS) de elevada magnitude, no dia 11 pelas 15:33: saturação de 35,83 % da largura de banda;

·         Ataque de negação de serviço distribuído (DDoS) de elevada magnitude, no dia 11 pelas 15:49: saturação de 50,16 % da largura de banda;

·         Ataque de negação de serviço distribuído (DDoS) de elevada magnitude, no dia 11 pelas 16:02: saturação de 25,00 % da largura de banda;

Estes ataques caraterizam-se pela utilização de servidores públicos com serviços UDP vulneráveis a serem utilizados para atividades maliciosas (ex. NTP ou DNS) através de NTP Reflection, habitualmente com fatores de amplificação de largura de banda, para inundar o alvo de trafego ilegítimo. Apenas visa deteriorar a qualidade de acesso à Internet. Mais informações em: https://www.us-cert.gov/ncas/alerts/TA14-013A.

Não foi possível realizar a atribuição do ataque a algum grupo ou individuo específicos.

Neste momento assume-se que a segurança da rede está acautelada sendo que, dada a sua variância, tal nunca pode ser garantido com total certeza.

Paralelamente, e no sentido de melhorar a qualidade do acesso à Internet, as seguintes redes sociais e aplicações estão, de diversas formas, limitadas:

·         Youtube (limitado a uma utilização máxima);

·         Atualizações do sistema operativo Windows (livre apenas das 17 horas às 8 horas);

·         Facebook (indisponível das 08.30 horas às 13.30 horas e acessível, com limites de utilização máxima, nos restantes períodos);

·         Tumblr (indisponível das 08.30 horas às 13.30 horas e acessível, com limites de utilização máxima, nos restantes períodos);

·         Instagram (indisponível das 08.30 horas às 13.30 horas e acessível, com limites de utilização máxima, nos restantes períodos);

·         Lojas Android / Apple (indisponível das 08.30 horas às 13.30 horas e acessível, com limites de utilização máxima, nos restantes períodos).

Esperamos, desta forma, otimizar a qualidade de acesso enquanto tratamos da migração do acesso à Internet para a FCT (através da RCTS – Rede Ciência, Tecnologia e Sociedade) e, nessa altura, a largura de banda total disponível quase que duplicará.

Disponibilizamo-nos para o esclarecimento de quaisquer dúvidas através da plataforma http://apoio.dgeec.mec.pt/ ou pelo seguinte endereço de correio eletrónico: pte.lan@dgeec.mec.pt

Hey Mom, What’s on Your Facebook? Comparing Facebook Disclosure and Privacy in Adolescents and Adults

(…)

Conclusion
Although there seems to be a popular perception that adolescents care less about their privacy than adults, it seems that there are more similarities than differences across age groups in the factors that predict information sharing on Facebook. It has been argued that Facebook is an environment that encourages people to share regardless of their privacy views (see Christofides et al., 2009), and an environment that encourages disclosure as a necessary feature of identity construction (Zhao, Grasmuck, & Martin, 2008). These findings indicate that both developmental and learning factors may be at play in the way that people make decisions as to whether to share their private information and when to use the privacy mechanisms that are available.

Internet Trolls Really Are Horrible People

Narcissistic, Machiavellian, psychopathic, and sadistic.

Já sabia… tenho aturado tantos trolhas por aqui…

Selfie Syndrome – How Social Media is Making Us Narcissistic

Na tal prova abjecta, da qual um p’ssarinho me contou pela manhã que será – a realizar-se – coisa de Português, qual a forma da Língua a usar? A forma legal ou a ilegal?

Qualquer cidadão comum para receber qualquer pagamento extra do Estado precisa apresentar uma declaração a provar que não tem dívidas ao Estado…

Neste caso parece ser o passaporte para receber mais milhões…

Visao18Abr13

Visão, 18 de Abril de 2013

 

Em inglês (agradecendo ao Livresco):

Intercontinental collaboration: How 86 journalists in 46 countries can work on a single investigation

ICIJ’s Offshore Data Raid on the Global Elite’s Financial Secrets

Secrecy for Sale: Inside the Global Offshore Money Maze

Leaks reveal secrets of the rich who hide cash offshore

Exclusive: Offshore financial industry leak exposes identities of 1,000s of holders of anonymous wealth from around the world.

Offshore secrets: unravelling a complex package of data

How the International Consortium of Investigative Journalists made sense of the 260 gigabytes of information

Em alemão (agradecendo à A.Silva):

OffshoreLeaks

Offshore-Leaks: Gigantisches Netzwerk der Steuerhinterzieher enthüllt

Riesiger Datensatz enthüllt Geheimgeschäfte in Steueroasen

Es ist ein großer Schlag gegen den weltweiten Steuerbetrug: Journalisten aus aller Welt haben Millionen Dokumente ausgewertet und dabei 130.000 Steuerbetrüger enttarnt.

FB2

Phosga-se!!!

PSD + SPN + DREN + cusquices…

Mais uma nomeação, apesar da grande lista de considerandos que, pelos vistos, não foram impeditivos para…
Só falta referir a filiação partidária…

MAS EU ENCONTREI!!! AQUI.

Vice-Presidente da Mesa da Assembleia do PSD-Trofa – Isabel Maria Azevedo Ferreira Cruz

Conclusão: se queres chegar a algum lado, mete-te na política!

Informação adicional retirada do Arlindovsky:
Isabel Maria Azevedo Ferreira Cruz, directora do Centro de Formação da Associação de Escolas da Trofa
Dirigentes do SPN 99/02
24 nov. 2009 … Isabel Maria Azevedo Ferreira Cruz, sócia n. 19 524 – Membro efectivo Área sindical de Vila Nova de Famalicão.

Olha, encontrei mais uma novidade: concorreu ao SPN pela Lista S em 2008, ano em que concorri pela Lista A!
Que giro!!! Ver anexo “Lista S” página 20

E no PG em 2011:

Ver comentário # 15

Finalmente: quer o Grancho quer ela foram nomeados na mesma data em 2011: ele como Diretor e ela como Diretora-Adjunta!
E mais outra curiosidade no anexo “curioso”! Esta mais recente: 2 nov 2012

As coisas engraçadas que encontramos na NET!!

Mas, agora reparo: não encontro nada relativo à vasta obra publicada… e já vou na página 5 do Google…

Enfim, já não é preciso procurar mais!

Cumprimentos,

A. Coimbra

… mas (re)começa a ser demasiado esquisita a promiscuidade entre assessorias a organismos do Estado ou grupos parlamentares e a apresentação de estudos que se pretendem independentes.

Fazer carreira está difícil, assegurar os rendimentos também, mas… estamos no mesmo terreno pantanoso do socratismo-abrantino.

Não me digam que os papás chocados aceitaram que os filhos falsificassem a data de nascimento!

Se a shôtôra de Singapura tem muito a justificar (a gramática, por exemplo, assim como aceitar alunos como amigos), os papás e as mamãs também poderiam fazer uma pequena auto-análise…

How NOT to social network: Primary school teacher posts naked photos and rants about parents on Facebook… despite being ‘friends’ with her students

 

Oito páginas muito interessantes sobre os crimes na rede, em particular os de acesso indevido a informação alheia, embora nada de novo para alguns visitantes ocultos aqui do blogue. Como bónus, na revista, crónicas de Almudena Grandes, Maruja Torres, Juam José Millás e Javier Marías.

Página seguinte »