A Luta


Facultada pela colega H. R.

IDENTIFICAÇÃO PESSOAL…..

  1. No passado dia o professor foi informado que o Diretor do Agrupamento xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx, fazendo uso das suas competências ao abrigo do anexo do  ponto 1 do Artº 13 do Despacho nº 2179-B/2015, a designou como docente a certificar por Cambridge English Language Assessment comoExaminer e faria parte da bolsa de classificadores do teste Preliminary English Test for Schools (doravante designado por PET). Desta designação, e de acordo com o Despacho acima referido, o professor passa assim a estar obrigado:

1.1.à frequência e conclusão de um programa de formação em data e local ainda desconhecidas (Artº 14 do Despacho nº 2179-B/2015);

1.2.classificação dos testes PET que lhe vierem a ser atribuídos  (Artº 12 e 16 do Despacho nº 2179-B/2015);

1.3.a realizar as sessões da parte oral do teste PET num número de  sessões ainda desconhecida, sendo que cada uma terá a duração máxima de três horas e trinta minutos e decorrerá em estabelecimentos de ensino, obrigatoriamente, diferentes do da professora classificadora(Artºs 8 e  16 do Despacho nº 2179-B/2015).

  1. O artigo 15 do Despacho nº 2179-B/2015 refere, na sua alínea c) do ponto 2, que os professores classificadores terão “direito a usufruir de equiparação a serviço letivo, sempre que designado pelo seu diretor para a realização das sessoões da parte oral do teste, caso não seja possível a sua realização durante o período da componente não letiva”. É convição do professor que as atividades preconizadas como Classificador não poderão ser consideradas como componente não letiva, de acordo com o artº 82 do ECD.

Por tudo o que foi exposto anteriormente no ponto anteriror entende o professor  que as funções inerentes ao cargo de Classificador do teste  PET não têm enquadramento legal no Estatuto da Carreira Docente, nem recorrendo ao âmbito das tarefas previstas para a componente letiva, nem  da componente não letiva (ECD, artºs 76, 77, 78 e 82) pelo que só poderiam ser desempenhadas em regime de voluntariado ou como trabalho extraordinário(ECD, artº 83, ponto 1 e 6) e ser remuneradas como tal.

Assim, e na sequência do parágrafo anterior, o professor declara-se como não voluntário para as funções para as quais foi designado no âmbito aplicação, classificação e certificação do Preliminary English Test for Schools. Como tal, solicita a anulação da designação dos docentes a certificar por Cambridge English Language Assessment como Examiner, que, a acontecer, o fará integrar a bolsa de professores classificadores do teste PET.

Caso a sua pretensão não seja atendida, solicita esclarecimentos oficiais sobre a o enquadramento legal para o desempenho das funções de classificador  no âmbito do Estatuto da Carreira Docente.

 

e as gravações?

 

… quando vai correndo bem e dá a entender que acabará em bem.

Ministério da Educação prolonga prazo de inscrição na prova de avaliação de professores

Professores sem vínculo têm até 2 de Dezembro para se inscrever na prova. Até agora, há 37 mil inscritos.

(…)

De acordo com a nota, inscreveram-se até ao momento na prova cerca de 37 mil professores contratados — num total de cerca de 45 mil em condições de fazê-lo. “Atendendo às especificidades dos candidatos, foram alargados os locais de realização da prova e prorrogado até dia 2 de Dezembro o prazo de inscrição na mesma. Os docentes já inscritos poderão alterar o local inicialmente indicado se assim o pretenderem”, lê-se ainda.

O apelo do MEC e das organizações representativas dos professores para que os contratados se inscrevam está a ser um sucesso.

Boa malha!

Continuo em luta, não há mais fruta!

 

Faltam vinte dias para se observar quem é quem.

 

 

é um direito ou é um medo?

 

 

Não recebido por via nenhuma. Mas publico na mesma, sou a isso obrigado pela liberdade de expressão da moda.

 

Sabes, Fafe, eu era infeliz e mais, o puto ia p’rá naite a seguir à janta, eu contente sofria o arroto no sofá, a mais velha não largava aquela coisa sem fios que se vissem  – a combinar cenas maradas com o novo grunho (que eu adivinho!), a patroa estava uma lástima de cama desadormecida: é agora o grunho das cinco da madrugada ou o filhofa que se lhe acabou a cheta?

Uma infelicidade, que nisso a gente nunca paga tudo, percebes? E mais, e mais!

Abrevio, até à epifania que venho agradecer-te aqui: comecei, sabe-se lá e mais, a ler em voz de homem, devagarinho a princípio, depois já menos enredado nas manhas malhas soltas da camilha, umas coisas, todas, todas, em voz de homem.

Du caraces, meu, aquilo foi tudo, tudo! E mais!

(continua)

CIMG4973

Enteado de Janasiu I.

estou-me a ronaldar p’ra isso

Diz que na Soeiro Pereira Gomes, 3, aquilo está um vale de lágrimas.

Aproveito para exprimir as minhas sentidas condolências aos órfãos.

A sério, ainda não percebi a persistência dos idiotas,  promovidos pelo cargo a excelentíssimos, no ensino – vulgo educação.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

2011, ano internacional do morcego!

Ou seja, vêm sempre atrasados esses geadas que vêem filmes made in urrs.

… sendo-se grego (m/f)?

Está complicado.

Quero dizer, complica-se-nos.

Eleições Portugal 2011

VOTO ÚTIL CONTRA O PS DE SÓCRATES NOS DISTRITOS COM POUCOS ELEITORES

Eleições Legislativas de 2009 – Madeira

Divisor/Método de Hont

Bloco Esq.

CDU

PS

PSD

CDS

1/Resultados

8446

5701

26822

(3.º deputado)

66194

(1.º deputado)

15244

(6.º deputado)

2

13411

33097

(2.º deputado)

7622

3

22065

(4.º deputado)

4

16549

(5.º deputado)

5

 

Eleições Legislativas de 2005 – Madeira

Divisor/Método de Hont

Bloco Esq.

CDU

PS

PSD

CDS

1/Resultados

5265

4991

49122

(2.º deputado)

63523

(1.º deputado)

9215

2

2633

2496

24561

(4.º deputado)

31762

(3.º deputado)

4608

3

1755

1667

16374

(6.º deputado)

21174

(5.º deputado)

3072

A Madeira elege seis deputados. Tradicionalmente um deputado é do PS e três do PSD. Estão apenas dois deputados em disputa entre o PS, PSD e CDS. Se os portugueses querem penalizar o PS de Sócrates têm de votar PSD ou CDS, pensando que estes partidos poderão alcançar o quinto e o sexto deputado. Nas eleições legislativas de 2009 o CDS elegeu um deputado e o PSD elegeu quatro deputados. Contudo, nas legislativas de 2005 o PSD apenas elegeu três deputados, tendo o PS eleito três deputados.

Portanto, portugueses que votam habitualmente no Bloco e na CDU (votos perdidos na Madeira), têm de fazer um sacrifício votando no PSD ou no CDS para derrotarmos o PS de Sócrates.

VOTO ÚTIL CONTRA O PS DE SÓCRATES NOS DISTRITOS COM POUCOS ELEITORES

Eleições Legislativas de 2009 – Açores

Divisor/Método de Hont

Bloco Esq.

CDU

PS

PSD

CDS

1/Resultados

6965

2072

37830

(1.º deputado)

34030

(2.º deputado)

9798

2

3483

1036

18915

(3.º deputado)

17015

(4.º deputado)

4899

3

2322

690

12610

(5.º deputado)

11343

3266

 

Eleições Legislativas de 2005 – Açores

Divisor/Método de Hont

Bloco Esq.

CDU

PS

PSD

CDS

1/Resultados

2636

1575

48528

(1.º deputado)

31385

(2.º deputado)

3675

2

1318

788

24264

(3.º deputado)

15693

(5.º deputado)

1838

3

879

525

16176

(4.º deputado)

10462

1225

Os Açores elegem cinco deputados. Tradicionalmente dois deputados são do PS e dois são do PSD. Esta apenas um deputado em disputa entre o PS e o PSD. Se os portugueses querem penalizar o PS de Sócrates têm de votar PSD, pensando que este partido poderá alcançar o quinto deputado. Nas últimas duas eleições o PSD apenas elegeu dois deputados, tendo o PS eleito três deputados.

Portanto, portugueses que votam habitualmente no Bloco, na CDU e no CDS (votos perdidos nos Açores), têm de fazer um sacrifício votando no PSD para derrotarmos o PS de Sócrates.

VOTO ÚTIL CONTRA O PS DE SÓCRATES NOS DISTRITOS COM POUCOS ELEITORES

 

Eleições Legislativas de 2009 – Distrito de Vila Real

Divisor/Método de Hont

Bloco Esq.

CDU

PS

PSD

CDS

1/Resultados

6958

3621

45606

(2.º deputado)

52006

(1.º deputado)

12761

2

3479

1811

22803

(4.º deputado)

26003

(3.º deputado)

6381

3

2319

1207

15202

17335

(5.º deputado)

4254

 

Eleições Legislativas de 2005 – Distrito de Vila Real

Divisor/Método de Hont

Bloco Esq.

CDU

PS

PSD

CDS

1/Resultados

3019

3275

55123

(1.º deputado)

50545

(2.º deputado)

8509

2

1510

1638

27562

(3.º deputado)

25273

(4.º deputado)

4255

3

1006

1092

18374

(5.º deputado)

16848

2836

O Distrito de Vila Real apenas elege cinco deputados. Tradicionalmente dois deputados são do PS e dois são do PSD. Esta apenas um deputado em disputa entre o PS e o PSD. Se os portugueses  querem penalizar o PS de Sócrates têm de votar PSD, pensando que este partido poderá alcançar o quinto deputado. Nas eleições legislativas de 2009 o PSD elegeu três deputados, mas nas legislativas de 2005 o PSD apenas elegeu dois deputados, tendo o PS eleito três deputados.

Portanto, portugueses que votam habitualmente no Bloco, na CDU e no CDS (votos perdidos em Vila Real), têm de fazer um sacrifício votando no PSD para derrotarmos o PS de Sócrates.

Página seguinte »