A Bolsa E A Vida


… porque este povo anda muito bem alimentado. Há ainda muita margem para emagrecimento.

Mas nada de cortar no sal, pois puxa à bejeca e de vender bejecas o ministro sabe.

Pub19Abr14

Público, 19 de Abril de 2014

… acerca dos gastos por parte de escolas e professores com materiais de apoio para preparação dos exames made in Cambridge. Porque eram sem custos, mas os materiais disponibilizados pelo MEC, assim como a formação, são risíveis.

Como nunca comprei materiais adicionais para o apoio aos exames made in Lisbon, estranho e não entranho (mesmo se percebo a reacção) o que que se vai passando em torno de mais uma área em que são os professores e as escolas a pagar o negócio.

Ministério retém dinheiro da prova suspensa por tribunais

Providências cautelares que suspendem prova de conhecimentos não obrigam a devolver valor da inscrição, uma vez que esta não foi considerada ilegal. Até haver uma decisão final nos tribunais, tutela fica com 270 460 euros pagos pelos contratados.

… aqueles que dela necessitam?

Segurança Social encaixa 6,7 milhões com cortes nos subsídios de desemprego e de doença

7 – O valor a pagar pela inscrição na prova, incluindo a componente comum e uma componente específica, é fixado em € 20,00.
8 – O valor a pagar pela inscrição em cada componente específica da prova, além da referida no número anterior, nas situações em que o candidato pretenda ser opositor a mais do que um grupo de recrutamento, nos termos do n.º 3 do artigo 3.º e Anexo I do Decreto Regulamentar n.º 3/2008, de 21 de janeiro, é fixado em € 15,00.
9 – O valor a pagar pela consulta de cada uma das componentes da prova é fixado em € 15,00.
10 – O valor a pagar pelo pedido de reapreciação de cada uma das componentes da prova é fixado em € 20,00.

  • Taxar os sem-abrigo pela ocupação do espaço público.
  • Cobrar taxa mensal às famílias pelas campas dos falecidos em cemitérios públicos.

Desempregados notificados para devolverem 6% do subsídio

« Página anteriorPágina seguinte »