… acredito que suplementos venham mesmo a ser suprimidos. Faz parte da lógica da coisa.

Por outro lado, a confirmar-se, é mais uma daquelas apostas demagógicas e populistas na inveja pela galinha da vizinha, quando a nossa está magrinha, magrinha.

Os diretores escolares estão “em polvorosa” com a publicação da lista de suplementos remuneratórios da função pública e temem que Ministério da Educação acabe com subsídio de funções.

Resta saber ainda se, caso se venha mesmo a confirmar, é desta vez que as organizações representativas dos directores decretam formas de luta para além da enunciação de um suave desagrado.

Advertisements