Andrómeda vem aí a uma enormidade suave.

Se eu morrer – quero que todos, mas todos, os idiotas me apupem.

 

Anúncios