… e julgo mesmo que não falará pela larga maioria dos portugueses. Porque, em boa verdade, não sei quem o elegeu para ministro… só sei que foi escolhido para o cargo… que até desempenha de forma adequadamente discreta, excepto quando o mandam ler recados.

E não me parece que quem o mandou perceba muito de dignidade…

Marques Guedes, ministro da Presidência e dos Assuntos Parlamentares, fez a seguinte declaração: “Acho que, manifestamente, é uma declaração muito infeliz do presidente da Comissão, porque nunca a dignidade de Portugal nem dos portugueses foi beliscada, quer pela troika, quer por qualquer das suas instituições.”

O ministro lembrou que a dureza do programa estava relacionada com “a situação extremamente difícil em que o país se encontrava” e que Portugal conseguiu cumprir e ganhar a confiança dos parceiros.

 

Advertisements