Sábado, 14 de Fevereiro, 2015


Alice Fredenham, My Funny Valentine

… nem é para o Belenenses.

Isto tem laivos perfeitamente cómicos…

Exp14Fev15b

Expresso, 14 de Fevereiro de 2015

 

Caricatura de Schäuble condenada pela Alemanha

Sim e eu nem gosto muito disso, mas resulta daquela irritação que nos fica instalada debaixo da pele quando em poucos dias temos um PR a condecorar um autarca com contas ilegais anos a fio, um PM a mentir publicamente sobre assuntos internacionais e a tratar governantes com tanta legitimidade como a dele como se fossem salteadores (quando no seu governo há muito pior) e um líder da oposição, enquanto autarca, a limpar as dívidas fiscais de um clube de futebol com milhões de sócios, simpatizantes, adeptos e eleitores à moda do terceiro mundo (se fosse do benfica diria o mesmo, assim como se fosse o sporting a ter um perdão público deste tamanho em período pré-eleitoral).

Quando se sente que as saídas começam a ficar bloqueadas pela lama que escorre de todos os lados e vai submergindo um país que tem muitos defeitos, é verdade, mas que nem sempre merece esta corja que o domina e consegue reproduzir-se, mesmo se com outras cores e formatos. E com a qual as “alternativas” possíveis entram em consenso estratégico, mal se lhes prometa um tgv a passar no quintal com mais-valias no imbiliário ou uns lugares de destaque em conferências de imprensa para avançarem.

E quando se vê com toda a clareza que uma das medidas mais destruidoras da unidade nacional em termos de governação na área social é aprovada a seis meses de eleições, com uma discussão opaca, feita em circuito fechado e beneficiando do colaboracionismo voraz de uns quantos autarcas que nada apresentaram que demonstre serem capazes de gerir a rede escolar, de centros de saúde e ainda a segurança social. E nem vale a pena falarem em legitimidade democrática porque quando foram eleitos não se sabia de nada disto e ninguém votou para isto lá nos seus concelhos.

Mas sacar dinheiro a toda a gente por um bem essencial à vida para depois perdoar aos grandes da futebolada  é uma vergonha completa.

Exp14Fev15

Expresso, 14 de Fevereiro de 2015

 

Com navegação privada consegui ler. Não é nada de novo. apenas um post aqui do blogue, acrescido de parte da introdução à comunicação que espero ter tempo de fazer em Aveiro.

Municipalização da Educação: uma reforma necessária e coerente?

Não é de agora, nem sequer original.

O problema é que não se percebe bem se é incompetência pura (nem que seja em saber escolher assessores que não sejam ainda mais idiotas do que o assessorado) se é uma tentativa manipulação grosseira e desastrada da realidade num tempo em que tudo isto se pode desmontar em muito pouco tempo.

A terceira hipótese é a mais lastimável e ridícula… a de alguém que ignora profundamente aquilo de que fala, que pede dados para lhe “fundamentarem” as posições, os quais lhe são dados por gente com escassos escrúpulos, tudo envolto numa enorme espertice saloia mesmo à relvas.

Não adianta que quem tem mais acesso a dados e fontes estatísticas se desculpe com sites noticiosos. Apenas revela a vergonhosa falta de qualidade de tudo isto.

Nos tempos do estudo tipo-FMI assisti em primeira mão a isto mesmo, mas a verdade é que o que o fez (e que passava e passa por ser “muito bom”) acabou em comissário europeu, portanto deve ser uma espécie de fase para se chegar a algum cargo lá fora.

Afinal, Portugal não foi o país da zona euro que mais ajudou a Grécia

Pub14Fev15

Público, 14 de Fevereiro de 2015

 

Batman40

(1940)