A maioria absoluta está garantida.

Câmara de Lisboa aprovou perdão fiscal de 1,8 milhões ao Benfica

Anúncios