António Costa defende ligação ferroviária entre Sines e Badajoz

É uma medida integrada em algo com sentido ou apenas um “projecto” para cativar verbas europeias, distribuir prebendas por umas autarquias e simular desenvolvimento?

Já sei que me vão chamar bloquista, mas… não seria muito melhor – até com a experiência de autarca – aposta da reabilitação (sub)urbana e não deixar cair de vez muita da memória arquitectónica mais ou menos monumental de tanta vila e cidade deste país?

Não será melhor cuidarmos do que existe e não deixar o país apodrecer atrás das fachadas de obras para inaugurações “de regime”?