«Em Portugal só passa fome quem quer», garante presidente da União das Misericórdias