… pois o actual PR diz que apenas repetiu o que outros lhe disseram e, como sabemos, um PR limita-se a fazer repetições sem avaliação.

O Presidente da República entende que os portugueses podem confiar no Banco Espírito Santo isto depois de Cavaco Silva ter recebido todas as garantias do Banco de Portugal.

«O Banco de Portugal tem sido peremtório e categórico a afirmar que os portugueses podem confiar no Banco Espírito Santo dado que as folgas de capital são mais que suficientes para cumprir a exposição que o banco tem à parte não financeira, mesmo na situação mais adversa», afirmou Cavaco Silva.

Na primeira declaração que fez após a crise do BES, o chefe de Estado considerou ainda que «de acordo com a informação que tenho do Banco de Portugal, considero que a atuação do banco e do governador tem sido muito correta».

Isto significa, pois, que não podemos confiar nas garantias do Banco de Portugal, correcto?