Era uma prosaica contra-ordenação e não uma intimação por causa do cidadão Bruno de Carvalho.

Ora bolas! E eu a armar-me em importante.