Muçulmano protegeu seis pessoas que estavam no supermercado atacado ontem em Paris