Ó soares velho, desapareça do elefante!