Vou voltar ao tema do Syriza, porque me irrita mesmo a postura de muita gente que anda a postar e opinar tudo e mais alguma coisa sobre a bondade da alternativa política grega, quando foram exactamente os mesmos que bloquearam esse tipo de propostas em Portugal.

Lembram-se da encenação negocial de Sócrates quando ficou com maioria relativa?

Lembram-se bem da demonização das propostas do Bloco e do PCP por parte de muita gente do PS e em especial dos seus prolongamentos mediáticos e blogosféricos?

Aquilo que gozaram com o Louçã é proporcional à louvaminhice que agora fazem do Tsipras, sendo que o programa político de ambos é muito semelhante. E fazem isto como se fosse o mais natural do mundo e a coerência fosse toda del@s.

Por isso é impossível confiar nesta gente.

(quanto à Grécia, os alemães e não só irão financiar alarvemente os partidos do centrão de lá para que o Syriza não ganhe as eleições ou que, mesmo ganhando, fique preso a compromissos… o resto é conversa…)