A entrevista que vem hoje no Público não ajuda a descobrir se o “truculento” CAA mudou de convicções se apenas enuncia uma mudança de posição destinada a cobrir necessidades tácticas mais recentes.

Até porque sobre muitas matérias, aquilo que agora diz não se tem aplicado ás suas intervenções.

Em tempos parecia, liberal ou não, inteligente e perspicaz nas análises. A acoplagem ao poder tornou-o apenas um político no que de mais mediano tem a designação.

Pub21Dez14

Público, 21 de Dezembro de 2014