O nosso PM é um pândego.

Disse ele que já não os há.

Que os há, há, só que nem sequer é possível ir chateá-los ao condomínio ou à ida para a missa.

E enquanto existirem mexias, percebe-se que o feriado de 1 de Dezembro não seja uma prioridade.