Chamaram-me a atenção para este artigo da revista Educação e Matemática nº 129 (EM129_pp03-10), no qual se demonstra como o IAVE deixa um bocado a desejar em matéria de produção de exames e testes intermédios, neste caso para o 12º ano.

Agora que são autónomos é que ninguém mais os consegue chamar à razão…