Na RTP Informação, no programa conduzido por Sandra Felgueiras, está um senhor advogado (Artur Marques, aquele que em tempos representou Fátima Felgueiras) que depois de criticar as fugas de informação e o desrespeito pelo segredo de Justiça, passa a lamentar o facto de não se saber nada de específico sobre os crimes de corrupção de que José Sócrates estará a ser acusado.

Será que esta gente pensa? Ou melhor, será que pensa, mas se esquece logo a seguir do que diz?

Ou pensando ainda melhor… será que ele ainda se lembra de como a sua representada de outrora conseguiu escapar para o Brasil, exactamente com base numa “fuga”?

(juro que não ando a tomar Memofante)