Desemprego: Passos não responde a dados «martelados»