Porque nem pré-programei o post e tenho optado por não levar traquitana tecnológica atrás nas mais recentes saídas.

Ontem à noite, foi em Oliveira do Hospital e correu bastante bem, embora esteja a ser juiz em causa parcialmente própria.

Entre outras coisas, fiquei a perceber melhor os meandros da relação entre os mega-mega-agrupamentos e a crise demográfica do interior.

Não fotografei o repasto preparatório, mas quero aqui agradecer a simpatia e hospitalidade dos colegas Luís Torgal e Carlos Carvalheira, sem desmercer a restante companhia.

SONY DSC

Do debate que se seguiu ficaram várias ideias, a principal das quais talvez seja a de que, em muitos casos, nós colaboramos com os desvarios e acabamos por ser carrascos de nós próprios, seja por inacção ao não combatermos o que nos impões, seja por acção ao – mesmo que numa estratégia defensiva – aderirmos às modas e andarmos a fazer todo o tipo de grelhas coloridas.