que um alegado inimputável ministro se auto-elogiou. Só se foi no planeta Kraten…