Colocações múltiplas do mesmo docente, o que significa que todas as vagas que a pessoa não pode (obviamente) aceitar, continuarão por preencher mais uma semana ou coisa assim. Isto significa que se alguém foi colocado em 4 horários, há pelo menos 3 que ficarão por preencher.

Colocação dupla de doentes para a mesma vaga, o que produz um efeito de certa forma similar ao dos erros na BCE, pois há alguém colocado correctamente (o que está melhor colocado na lista ordenada) e outra pessoa que está incorrectamente, por responsabilidade que se lhe não pode atribuir.

Em qualquer caso, tudo isto significa que:

  • Os problemas nos procedimentos de colocação de professores se mantêm e não se limitam à BCE.
  • Os números dados pelo MEC quanto ao número de professores colocados nos últimos dias não passam de um exercício de aproximação a uma realidade difusa.

Pub11Out14

Público, 11 de Outubro de 2014