Desapareceu a declaração de rendimentos de Passos Coelho referente a 1999

(…)

De acordo com a Lusa, é possível consultar as declarações de rendimentos que Passos Coelho entregou em dezembro de 1995 (o ano em que iniciou o mandato) e as apresentadas em abril de 2010, 2011 e 2014.

A lei que regula o controlo sobre a riqueza dos titulares de cargos políticos e de altos cargos públicos determina que, com o cessar da função, tem de ser apresentada uma declaração de actualização dos rendimentos, de forma a “refletir a evolução patrimonial durante o mandato a que respeita”.

Passos Coelho assinou pelo seu punho declaração de que estava em exclusividade

PÚBLICO obteve cópias de dois documentos: um em que o actual primeiro-ministro pede o subsídio de reintegração e outro em que declara que esteve no Parlamento em regime de exclusividade.

E não esquecer:

A carta em que Passos garante que foi deputado com exclusividade