Quarta-feira, 24 de Setembro, 2014


mn_pulga

 

Juízo Dourado

 

Só se admira quem não vê certas coisas à porta das escolas e por aí, com o beneplácito destes justiceiros parentais que culpam tudo e todos por aquilo que são apenas as suas próprias falhas e incapacidades. Mas, as culpa não é del@s.

Desta vez, foi em Abrantes.

É de Julho, mas parece que só chegou às escolas esta semana, no sentido de uniformizar práticas.

Fica como anexo. Os erros ortográficos e de sintaxe são da responsabilidade da DGAE, assim como estar feita a digitalização de pantanas, no que parece ser um novo padrão de qualidade-MEC: RF.

aquela parvoíce do “eu diria que“, expressão largamente divulgada pelo demi-léque.

Prevejo que na próxima estação a necedade evolua para o “eu diria quaisi“.

… são absolutamente credíveis.

Muito cheeseburger é no que dá.

Pub24Set14

Público, 24 de Setembro de 2014

Não é que não tenham feito. É porque conseguem que as provas não sejam usadas ou porque, alegadamente, a malfeitoria prescreveu.

É a doutrina valentim em todo o seu fétido esplendor.

« Página anteriorPágina seguinte »