… e preferem comprar ao desbarato o que poderia vir a ser caro.

Ao mesmo tempo que falam na elaboração dessa estratégia “a médio prazo”, acrescentam que já foi “encetado um processo para a rápida venda do banco, gerido pelo Fundo de Resolução e pelo Banco de Portugal”. Assim, dizem, entenderam “ser agora oportuno passar o testemunho a uma outra equipa de gestão”.

O problema não é estes saírem dos cargos, é perceber-se que o governo e o Banco de Portugal são marionetas nas mãos dos ulricos&…