Professores reclamam salários em atraso de empresa que fez nova leitura da lei do IVA

Há 58 precários que asseguraram aulas de atividade física em escolas do ensino básico da Amadora no ano letivo que terminou em junho. Muitos deles têm dinheiro por receber e a culpa é de um montante de IVA que oscila entre os 1500 euros e os 1800 euros de IVA por mês e da margem de lucro de uma empresa.

Mas eu não me esqueço… há na Amadora um vereador-guerreiro que, por certo, vai ajudar a meter esta gente no lugar…