… mas nenhuma se aproxima da decência.

Mais de 3600 professores que pediram para rescindir estão à espera da resposta. Governo garante que está a trabalhar para que o “processo seja concluído tão depressa quanto possível”.