… vai-se tornando a regra.

Dirigentes têm um mês para escolher funcionários públicos dispensáveis