O “jovem” Avillez Figueiredo (não tirem os olhos do trajecto de sucesso que ele terá ainda nesta década, acreditai em mim…) num dos seus melhores momentos e olhem que ele vai quase alcançado aquele Camilo neste tipo de iluminadas opiniões.

Exp10Mai14c

Expresso, 10 de Maio de 2014

Isto é especialmente patético, quando são os próprios protagonistas a admitir que o dinheiro está a ir directamente para outros lados, sendo Portugal apenas o apeadeiro útil.

Pub11Mai14

Público, 11 de Maio de 2014