São coisas distantes…

Mas o Portas não dizia ontem de manhã que Portugal se tinha tornado um oásis para os investidores externos?