Terça-feira, 29 de Abril, 2014


Talking Heads, Swamp

… em Fevereiro de 1992, quando Cavaco cedeu e, com o fugaz Diamantino Durão no MEC, a PGA foi anulada e o Independente tratou o tema sob a batuta de Paulo Portas.

Calhou achar hoje este exemplar e notar que muitos dos nomes dos “jovens” já no poder ou a querer ascender eram… Miguel Macedo, Marques Mendes (os já empoleirados), Passos Coelho, Miguel Relvas e Carlos Coelho (em rota mais ou menos rápida de ascensão).

São especialmente interessantes as opiniões de Pulido Valente sobre o assunto (naquela altura até falava na razão dos 100.000 alunos nas ruas contra a prova de acesso à Universidade) e a peça sobre todos os jogos de poder da JSD de então, polvilhada de carreiristas da primeira apanha e como Passos Coelho ziguezagueava entre a contestação e a necessidade de fazer pela vida.

E isto também nos ajuda muito a compreender a arqueologia do discurso do rigor… e dos revolteios dos seus protagonistas actuais, no poder ou na opinião publicada que há quem diga da maior lucidez… (tem dias…)

Naquela altura uma prova de ingresso na Universidade era uma hipocrisia e uma irresponsabilidade… 🙂

SONY DSCSONY DSC

SONY DSC

SONY DSCSONY DSC

Independente, 28 de Fevereiro de 1992

 

 

 

 

How to become an examiner

(…)

Outside the UK
If you are not based in the UK, our international exam centres employ Speaking examiners for the Speaking part of many of our exams.

You can check for opportunities and apply using the Apply now link on this page.

The induction process
Before you can do any live examining, you will be invited to complete Induction, Training, and Certification of Procedure and Assessment modules. These Quality Assurance (QA) modules may be delivered by online self-access, by telephone and/or via face-to-face meetings.

Invitations to take part in QA modules and any future deployment as an examiner are not guaranteed and are issued as and when examining opportunities arise. If we are not able to use your services immediately, we will email you periodically to ask if you still wish us to keep your details as a possible examiner.

Speaking examiners
Speaking examiners are required to undertake examining at centres locally or at least within a 60-mile radius of their home address. Assignments normally take place during morning, afternoon and evening sessions from Monday to Friday, and morning and afternoon sessions at weekends. Sessions take place throughout the year but peak in May/June and November/December.

Please do not apply for Speaking test examining work unless you are reasonably available to undertake assignments during the week, in the evenings and on some Saturdays. Speaking test examiners will not be asked to undertake more than two sessions a day.

Examiner recruitment – frequently asked questions

How many scripts will I have to mark? 

This varies depending on the type of paper you will be marking (e.g. whether the paper is short questions, long questions, essay based, multiple choice etc.). Between 100-250 papers per exam series is an approximate average.

How much will I get paid? 

Examiners can expect to be paid anywhere between £1.00 and £5.00 per script depending on the syllabus and type of script.

Lá por fora, pode tornar-se uma profissão interessante, longe do voluntariado nacional:

A day in the life of a Cambridge ESOL Speaking Examiner

.

A working life: The examiner

Karen Borrington became an examiner because she wanted to be a better teacher. Now it is taking her all over the world

Mas que recuo?

Aguarda-se ida do Couto dos Santos a uma televisão para explicar, após intervenção do líder da FNE, desculpem, UGT.

UGT diz que recuo nos cortes facilita concertação social

Carlos Silva vê com agrado o facto de o Governo dizer não à troika.

Deus e os maçães livrem as crianças e o país de viverem num mundo “socialista”.

Pub29Abr14

Público, 29 de Abril de 2014

… o que está regulamentado não corresponde ao que se passa em muitas escolas. As coisas deveriam ser feitas com algum rigor e respeito por alunos e professores. em vez disso, o objectivo parece ser a venda de certificados num teste que apresentará belos níveis de sucesso porque é o equivalente a pedir a alunos do 9º ano que façam uma prova final de 6º ano…

(e vai ser giro Sócrates e MAria de Lurdes Rodrigues a reclamarem a paternidade de tal sucesso… com alguma aparente  razão…  mas escassa cronologia)

Tudo poderia ser bem feito, não fosse a pressa para apresentar serviço a tempo de ser explorado em termos eleitorais.

IAVE1IAVE2

Página seguinte »